Olhos nos Olhos!

Quando os estudos sobre puericultura finalmente começaram a se multiplicar no final da década de 60, pudemos comprovar cientificamente algumas coisas que naturalmente praticamos em benefício de nosso bebês: você já parou para pensar sobre a importância do contato visual com os humaninhos que colocamos no mundo?

"O olhar da mãe (ou do pai), é mais importante do que a gente pensa. O psicólogo Dan Siegal, especializado em vinculo entre pais e filhos, provou que o olhar da mãe tem um papel importante no desenvolvimento da empatia. "Repetidos dezenas de milhares de vezes na vida da criança, esses pequenos momentos de relacionamento mútuo [servem para] transmitir a melhor parte da nossa humanidade – nossa capacidade para o amor - de uma geração para a seguinte." – diz Siegal. Sem essa troca mútua de olhares, crianças que são privadas do olhar da mãe, são propensas a se sentirem desconectadas na vida adulta. O Pediatra Carlos Eduardo Correia ( o Cacá) ainda completa esse pensamento - "Durante toda a infância quem garante ao bebe que o mundo esta seguro são seus pais através da troca de olhares amorosos e confiantes." Assim como o contato pele-a –pele, esse olhar de amor é de extrema importância para o desenvolvimento dos pequenos. E nos primeiros meses de vida, esse sentimento de amor, aceitação e segurança que o olhar da mãe proporciona é crucial para o desenvolvimento da empatia. Portanto, acreditamos que os bebês devem ter o maior contato visual possível com os pais nesse comecinho de suas vidas."


(trecho publicado originalmente no blog da Sampa Sling)


Nas aulas da Dança Materna os momentos de contato com o mundo através do olhar são vastos para os bebês. Eles bailam no vai e vem dos olhares, entre a familiaridade do contato com a mãe, partindo para a interação com outras mães, e refletindo-se também nos olhos de seus colegas bebês, além do constante e afetuoso contato com a professora da Dança Materna, a quem sempre cabe criar esses espaços poderosos de troca que não dependem de palavras ou gestos mais elaborados do que um simples olhar.


Separamos uma galeria de fotos da aula de Presidente Prudente, com Rafaela Cacciatore, com esse recorte importante. Afine os olhos e repare: parece ser possível pegar com as mãos o afeto e cumplicidade que surgem nas trocas de olhares!







CATEGORIAS

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Grey YouTube Icon

Dança Materna 2020.